IV° ENCONTRO PARA ELABORAÇÃO DO PLANO SALVAGUARDA DO SAMBA JUNINO

A Fundação Gregório de Mattos promove IV° encontro para a Elaboração do Plano Municipal de Salvaguarda do Samba Junino. Reconhecido como Patrimônio Cultural de Salvador pela Prefeitura, no dia 27 de julho, será apresentado o formulário para cadastro dos grupos e representantes de Samba Junino. A Prefeitura de Salvador reconheceu o Samba Junino como Patrimônio Cultural de Salvador, no dia 08/02/2018 e, em cumprimento às diretrizes de política cultural do município, bem como do Registro Especial, a Fundação Gregório de Mattos lançou o edital Prêmio Samba Junino, que vem, há dois anos, contemplando propostas voltadas à salvaguarda desse movimento cultural soteropolitano.

Agora, a Gerência de Patrimônio Cultural (GEPAC) da FGM, juntamente com a sociedade civil, trabalha na Elaboração do Plano Municipal de Salvaguarda do Samba Junino, a partir de encontros mensais no auditório da Casa do Benin – Pelourinho, visando a construção conjunta desse instrumento que vai proteger, garantir a continuidade e o protagonismo dessa manifestação cultural de Salvador.

O próximo encontro acontece no sábado (27), das 09h às 12h. Para a construção do Plano, é importante que todos os envolvidos, direta e indiretamente com o samba junino se façam presentes ou representados, a fim de formular de maneira efetiva, políticas públicas que preservem esse estilo de música e dança, esse ritmo que nasceu em torno das casas de candomblé, durante os festejos juninos, bem como todas as suas formas de produção e reprodução, através da realização de ensaios, festivais, concursos, apresentações, “arrastões”, entre outros.

Ler Artigo →